Blog

Você já ouviu falar em “viralização”? A palavra existe para classificar os conteúdos que ganham alta repercussão nas mídias sociais. Seja por um bom ou por um mau motivo.
O ponto interessante da viralização é que não há uma razão clara ou uma fórmula para que isso aconteça, mas existem alguns assuntos específicos que costumam obter alto engajamento nas redes, e nós separamos pra você. Dá uma olhada:

O consumo de vídeos online aumenta todos os dias. Para você ter uma ideia, de 2013 para 2014 a quantidade de pessoas que assistiam vídeos online por meio do smartphone dobrou. Se compararmos esses dados com o mesmo período do ano de 2011, a diferença é ainda mais assustadora: de lá pra cá essa audiência se tornou 16 vezes maior. E continua crescendo.

Apenas 3 anos atrás, em 2014, somente os vídeos foram responsáveis por 64% do tráfego de internet do mundo inteiro. E segundo uma projeção recente da Cisco, até 2019 esse número subirá para 80%. Portanto, aqueles que ainda não acreditam no poder dos vídeos devem começar a se preocupar.

Quando o assunto é posicionamento na internet, não basta ser bom e ter um conteúdo incrível. É preciso de um pouco mais.

Você conhece aquela frase “quem não é visto não é lembrado”? É disso que se trata o Link Building. Para conseguir posição de relevância nos motores de busca, o seu site precisa de links, pois sem isso, a missão de atrair tráfego orgânico se torna (praticamente) impossível. Segundo uma pesquisa realizada em 2013, os links estão presentes em 40% dos fatores de ranqueamento citados em toda a pesquisa.

Ultimamente, o Marketing de Conteúdo tem sido muito comentado, principalmente por que empresas estão descobrindo que ele custa 61% a menos do que o marketing tradicional e gera em torno de 3 vezes mais resultados. Descubra agora, o porque ele funciona tão bem assim...

O Google Analytics tem a função de mapear o comportamento de um usuário no seu site ou blog. Simples assim.

A partir desse mapeamento, coletado através de um código incluído no site/blog, você consegue rastrear: a URL acessada pelo usuário, navegador utilizado e idioma desse navegador, sistema operacional, qual é o dispositivo utilizado (mobile ou computador) e ainda, de onde esse usuário veio (google, Facebook, link externo, outros).

Lista VIP

Junte-se a mais de 6 mil pessoas inteligentes e receba conteúdos exclusivos para ter sucesso com o seu negócio! É grátis!